Overclock de Processador: O Guia definitivo

Overclock de Processador - O guia definitivo

Overclock de processador pode aumentar consideravelmente a velocidade do seu computador, tanto em tarefas cotidianas, quanto em renderizações e em alguns casos nos jogos. Porém, é necessário compreender as opções presentes na BIOS, pois um erro pode ser fatal (experiência própria, pois já queimei um I5). É o que pretendo fazer com este guia, detalhar as principais informações sobre overclock de processadores Intel na BIOS.

Antes de mais nada, Overclock pode ser um processo perigoso, pois iremos forçar o componente a trabalhar em uma frequência maior que a original. Portanto, faça por sua conta, não posso me responsabilizar pelo mau uso dos conhecimentos aprendidos aqui. Caso você ainda não tenha os conhecimentos básicos, dê uma olhada neste outro post aqui do Blog: Como fazer overclock no processador

 

Importante

  • Placa-mãe: Sua placa-mãe precisa ser preparada para Overclock. Uma simples pesquisa sobre o seu modelo de placa-mãe, e você saberá se ela possui uma boa quantidade de Power Phases, além é claro, de circuitos com qualidade.
  • Processador: Precisa ser desbloqueado.
  • Fonte: Precisa ter uma margem de potência, pois o Overclock consumirá mais energia.

Acompanhe o vídeo completo em meu canal, aproveite e inscreva-se, tenho vários vídeos sobre Overclock de memória, testes com SSD e vários gameplays:

 

BCLK/FSB

A velocidade do processador é calculado pela multiplicação de dois valores: o clock base (BCLK) e o multiplicador. Em arquiteturas um pouco mais antigas, também é conhecido como FSB. Overclock através do BCLK interfere no processador, memórias e barramento PCI Express, e é especialmente recomendado para pessoas com mais experiência, e que saiba regular o VTT/QPI com segurança. Processadores desbloqueados podem ser overclockados apenas pelo multiplicador, não sendo necessário o overclock pelo BCLK.

 

Spread Spectrum

Spread Spectrum consiste em uma técnica de modulação de frequência usada em dispositivos digitais (especialmente em telecomunicações) para reduzir a interferência eletromagnética (EMI) gerada pelos dispositivos eletrônicos. Para Overclock não é primordial, e pode ser desabilitado.

 

Intel SpeedStep

Intel SpeedStep é uma tecnologia da Intel que gerencia funções do processador para uma maior eficiência em economia de energia e resfriamento. Quando o processador está em Iddle (ocioso), automaticamente o processador reduz seu clock e voltagem, mantendo-se frio e consumindo menos energia. Apesar de ser uma ótima tecnologia, pode trazer alguns problemas com overclock, por exemplo, BSOD (Tela Azul) pelo Vdroop estar muito alto. Caso você queira manter o clock sempre no máximo, desabilite o SpeedStep e os Cstates nas configurações do processador na BIOS.

 

Internal PLL Overvoltage

É recomendado deixar ativo em Overclocks mais extremos (acima de 5 Ghz), pois esta opção expande os limites de overclock para o processador, incrementando a voltagem.

 

Vdrop

É a diferença entre a voltagem setada na BIOS e a voltagem real que o processador está trabalhando, podendo variar para mais ou para menos. Em geral não é possível regular, a não ser em casos de “Vdrop Mod”, que é feito por usuários mais experientes.

 

Vdroop

É a diferença de voltagem quando o processador está em um estado baixo (iddle) e um estado mais alto (FULL). Como foi falado no vídeo, caso o Vdroop seja muito alto, é possível ter algumas Telas Azuis durante o Overclock, pois o processador – em algumas situações – não é capaz de recuperar-se rapidamente de um estado baixo para o alto, dando BSOD por falta de vCore.

 

Load Line Calibration

É a solução para reduzir o Vdroop. O LLC calibra o vCore, determinando uma margem de vCore estável e ideal para a subida de clock quanto este está em Iddle, geralmente um pouco a mais que o necessário. É recomendado usar o LLC quando você está tendo travamentos, congelamentos ou BSODs (Tela Azul) em mudanças de clock (iddle para full). É necessário usar um vCore maior quando ativar o LLC.

 

Lista de códigos de erros de Tela Azul (BSOD)

Por padrão o Windows 7 reiniciará a máquina quando houver um erro fatal (BSOD). Para ver a Tela azul, siga os passos:

1) Vá ao painel de controle.
2) Vá em Sistema e Segurança e, em seguida, clique no link do Sistema.
3) No lado esquerdo da janela, clique no link Configurações Avançadas do Sistema.
4) Clique na aba Avançado.
5) Na seção Inicialização e recuperação, clique no botão Configurações ….
6) Na seção de falha do sistema, desmarque a opção para reiniciar automaticamente.
7) Clique em OK para salvar suas alterações.

Fazendo isso o sistema ficará parado na tela azul e só apertando o reset ele reiniciará

0x1 = Aumentar vCore;
0x101
= Aumentar o vCore;
0x124 = Aumentar ou diminuir o QPI/VTT Voltage;
0x0A = Memória RAM está instável, aumente o QPI primeiramente, caso não funcionar, aumente o vCore;
0x1A = Memória RAM está instável. Aumente a voltagem da DRAM ou faça testes com outros pentes de memória.
0x1E = Aumentar o vCore;
0x3B = Aumentar o vCore;
0x3D = Aumentar o vCore;
0xD1 = Aumentar ou diminuir o QPI/VTT, caso continue apresentando este erro, aumente a voltagem da memória, sempre respeitando os padrões estipulados pela JEDEC;
0x9C = Aumentar o QPI/VTT, mas as vezes aumentar o vCore pode resolver também;
0x50 = Memória RAM está instável por causa das temporizações, tente deixá-las mais folgadas (aumentando os timings) ou aumente suas voltagens. Caso não funcione, aumente ou diminua o VTT/QPI;
0x109 = Pouca ou muita voltagem na memória;
0x116 = Problemas com overclock na placa de vídeo, ajuste as voltagens da GPU;
0x7E = Windows corrompido, provavelmente causado por Overclock. Rode o comando “sfc /scannow” e “chkdsk /r” no prompt de comando do Windows;
0x50  = Problemas com as temporizações ou com a voltagem da memória. Pode ser resolvido aumentando o VTT.

Usem os conhecimentos obtidos aqui com cautela e sobretudo, pesquise bem sobre o seu processador antes de fazer o overclock. Se decidir fazer o overclock, fique de olho nas temperaturas e se não se sentir seguro para isso, procure alguém mais experiente.

Conheça o nosso grupo no Facebook -> Benchmark & Overclock [Brasil]

Lucas Peperaio

Estudante de Ciência da Computação, trabalho com desenvolvimento web há 5 anos e com hardware há 8. Nas horas vagas, sou entusiasta de Overclock, Casemod e Benchmarks, além é claro dos Games. Apaixonado por informática e pela vida, procuro compartilhar meus conhecimentos e assim, ajudar as pessoas. Siga-me no youtube, posto semanalmente muito material sobre Hardware, tecnologia e games em geral: Clique aqui

Receba gratuitamente em seu E-mail
Novos artigos do meu Blog!


Após o Cadastro você receberá um Email Automático. Clique no link enviado para Ativar e receber as novidades.

Categorias do site





2 Comentários Deixe o seu

  1. Moises

    Olá Lucas!

    Primeiramente eu gostaria de te parabenizar pelo guia, ficou incrível! Acredito q você acabou de ganhar mais um seguidor! rsrs Bom, nunca fiz um OC em um pc e estou muito inseguro ainda e adquiri recentemente um: Core i7 3770k, AsRock Extreme 4-m 2x4GB G.Skill ARES 2400MHz O.C. Cooler Thermatake OCK (estou utilizando a pasta Artic Silver) Corsair CX750w ATI Radeon HD7970 HD Toshiba 500GB

    Eu gostaria de saber quais as configurações para eu fazer um over para chegar aos 4.5GHz no processador e 2.400MHz nas memórias? E também, quais os programas eu devo ter para monitorar todo o procedimento?

    Agradeço desde já!

  2. Toy

    Omeu pc so da a tela azul wuando vai entrar no sistema o que fazer