Caixa postal dos correios: Se você recebe encomendas importantes, NÃO contrate uma

caixa postal correios

A caixa postal dos correios é uma boa alternativa para recebimento de encomendas em geral, especialmente útil em casos onde a pessoa não fica em casa para receber suas correspondências. Mas se você recebe encomendas importantes, poderá ter uma grande dor de cabeça.

Como alguns de vocês sabem, tenho trabalhado arduamente em meu novo projeto intitulado Peperaio Hardware, onde tenho feito análises e testes de componentes de hardware, como placas de vídeo, processadores, SSDs e etc. Minha relação com os Correios sempre foi muito amigável, as empresas mandavam os produtos e estes chegavam em minha residência, exceto quando o carteiro perdia o horário e era informado o tal do “Destinatário Ausente”.

Em abril deste ano eu me mudei para um apartamento, e para minha triste surpresa, descobri que os carteiros não subiam para entregar as encomendas. Como o prédio está em reforma, não tem como receber lá na frente; e cá entre nós, o carteiro não é obrigado a me chamar e esperar que eu desça para receber as encomendas. Sendo assim, o carteiro deixava um aviso para retirada na agência mais próxima, até ai tudo bem.

O problema começou quando eu recebi um produto caro e que ainda nem havia sido lançado. Pasmem, o carteiro avisou os moradores que estavam na frente do prédio para que eu descesse, entregou a uma pessoa que eu não conheço, provavelmente colheu sua assinatura e quando eu cheguei, a encomenda estava em cima da calçada. Uma encomenda cara e importante largada na rua, para qualquer um pegar. Neste caso era um morador, mas e se esta pessoa simplesmente levasse para ela a encomenda ou outra pessoa qualquer roubasse o pacote, que estava na rua?

A gota d’água foi quando o carteiro supostamente “não achou” o endereço e devolveu a encomenda. Sim, ele não tentou outro dia, não deixou para retirar na agência. Simplesmente devolveu ao remetente, causando muitos transtornos para todos os envolvidos.

 

Eis a brilhante ideia, vou alugar uma caixa postal!

O princípio da caixa postal dos correios é bem simples. Você recebe uma chave para uma determinada caixa postal que fica em uma agência de sua escolha, e dai em diante, passa a endereçar suas encomendas para esta agência (seu nome + número da caixa postal + CEP/Cidade da agência). Desta forma, quando você receber alguma encomenda ou correspondência, basta ir até a sua caixa postal, abri-la com sua chave e retirá-la. Se for uma simples carta, é só retirar e ir embora. Se for uma caixa, terá apenas um papel informando que uma caixa chegou, e com esse papel, basta ir no guichê e retirar sua encomenda.

Nos primeiros meses tudo ocorreu bem, eu ia na agência e retirava os produtos. Porém, uma certa vez eu abri minha caixa postal e para a minha surpresa, tinha uma conta de outra pessoa, endereçada para a caixa postal ao lado da minha. Eu poderia simplesmente pegar a correspondência que não é minha e levar embora sem nenhum problema e sem nenhum questionamento dos atendentes; afinal, qualquer encomenda dentro da SUA caixa postal pode ser retirada por qualquer pessoa, desde que ela tenha a chave e nada mais. É claro que eu avisei os atendentes do erro, devolvi a correspondência e fui embora com um pé atrás.. E se acontecer o inverso, um produto meu na caixa de outra pessoa, ela devolveria? Se não devolvesse, como eu provaria que fui roubado? Os Correios me ressarciriam?

Pois foi exatamente isto que aconteceu. Um fabricante de hardware me avisou que enviou um produto para a minha caixa postal. Como estamos no mesmo estado (SP), a encomenda chega em 1 dia (quando Sedex). Eu liguei na agência e pedi para que verificassem se existia alguma encomenda em minha caixa, para que eu não perdesse viagem. E novamente para a minha surpresa, outra conta errada em minha caixa. Fiquei super irritado, e a atendente disse “não vai acontecer de novo”.. como se já não tivesse acontecido..

Pedi para que olhassem as caixas postais ao lado da minha, e adivinhem.. Minha encomenda estava lá, na caixa postal de outra pessoa! Era um produto que não tinha no Brasil, veio do outro lado do mundo, e repassado por um fabricante para mim. Se o dono desta caixa postal retirasse a encomenda – e acreditem quando eu digo – os Correios não pedem nenhum documento (pelo menos essa agência), apenas entregam a encomenda; eu estaria literalmente fodido.

Fui lá e ameacei cancelar a caixa postal, pois é um erro muito grave, e os atendentes concordaram comigo. Ainda não posso cancelar, pois tenho outras encomendas a caminho da caixa postal. Só me resta torcer para que isso não aconteça de novo, pelo menos até que as encomendas ainda em trânsito cheguem em minhas mãos.

 

Não adianta reclamar sem apontar as correções

  1. Exigir que apenas o proprietário da caixa postal ou uma pessoa previamente autorizada retire as encomendas, através de uma verificação com RG/CPF feita no balcão de retiradas. Atualmente, qualquer um com a chave pode retirar.
  2. Atenção triplicada durante a triagem, é só olhar os números, não é difícil.
  3. Antes de entregar a encomenda, verificar se o número da caixa postal que consta na correspondência/encomenda é o mesmo do proprietário da caixa postal.
  4. Realizar o mesmo procedimento que é feito com pacotes para as correspondências (apenas um papel dentro da caixa postal), desta forma, os itens 1 e 3 poderão ser aplicados também para elas.

 

E se acontecesse da minha encomenda ser retirada por outra pessoa, nesta ocasião do erro das caixas postais? Meu celular grava automaticamente todas as chamadas, e na gravação, a atendente confirma que foi colocado na caixa postal errada, pede desculpas e fica em silêncio quando eu digo: “E se retirassem?”. Essa prova já seria suficiente para entrar na justiça. Ainda bem que nada aconteceu, pois nada pagaria o prejuízo que eu teria. Não trata-se apenas do valor do produto, mas o fato da confiança do fabricante em enviar algo único para mim, que sequer tem um similar no Brasil a venda.

Deixo aqui minha indignação com o ocorrido, e alerto: Caixa postal? Só para cartas.

Lucas Peperaio

Estudante de Ciência da Computação, trabalho com desenvolvimento web há 5 anos e com hardware há 8. Nas horas vagas, sou entusiasta de Overclock, Casemod e Benchmarks, além é claro dos Games. Apaixonado por informática e pela vida, procuro compartilhar meus conhecimentos e assim, ajudar as pessoas. Siga-me no youtube, posto semanalmente muito material sobre Hardware, tecnologia e games em geral: Clique aqui

Receba gratuitamente em seu E-mail
Novos artigos do meu Blog!


Após o Cadastro você receberá um Email Automático. Clique no link enviado para Ativar e receber as novidades.

Categorias do site





4 Comentários Deixe o seu

  1. Marcos

    Mas se houver algo disso, existe o seguro: se uma mercadoria desse valor é enviada, e some, o remetente pode fazer registrado, pra ser só retirado perante a sua assinatura, e os funcionários do corrieo saberão ou notarão algo de estranho no caso de um dono de outra cx postal estar assinando algo endereçado ao seu nome. Só vc pode assinar pra retirar o produto enviado registrado. E tem a parada de seguro, vc estipula um valor pra mercadoria, e se sumir, o correio que se lasque em correr atrás, tirando o dano logístico que vc terá. É mais fácil acontecer isso com cartas, contas de cartão de crédito, revistas de assinatura que podem ser colocadas por engano na cx postal de outro, e dependendo a ‘honesidade” do cidadão, vc corre o risco de ficar sem. Mas quanto a produtos, que me foram envidaos via registrado, pra EU ter que tirar somente mediante minha assinatura, nunca tive problemas. Já sumiram exemplares de revistas que assinava, e que certos meses, nunca chegavam. Eu simplesmente ligava pra Editora, e ela me enviava outra. Relaxa, e se acostume…erros acontecem, e todos são passíveis de erro. Quanto aos seus produtos de 4000 reias, mande o remetente fazer certinho, que vc não corre risco.

  2. Taisa

    Realmente os Correios estão deixando a desejar… Já tive vários aborrecimentos e passei pelo mesmo problema da caixa postal. Espero que tudo se resolva logo.

  3. NAGIB JORGE FELIX NETO

    Lamentável. Eu também já passei muito perrengue com o mau serviço dos correios. eu poderia citar várias experiencias negativas. mas a principal deles foram 2 encomendas roubadas, isso mesmo, roubadas. fui em um deposito dos correios de minha cidade e me confirmaram o roubo. inclusive bati um papo, sobre o roubo, com o segurança que la estava. e, ele ainda disse que naquele mês houve duas cargas roubadas com destino a minha cidade. . sobre a minha experiência negativa, uma foi há anos, com o iphone 5 na época do lançamento e a outra recentemente, esse ano, foi uma placa mãe. http://prntscr.com/ce7qps. graças a deus as duas postagens tinham seguro. por isso recomendo sempre contratar o seguro, que deve custar, s.m.j., aproximadamente 1% do valor declarado.

  4. rogério

    às vezes não é culpa dos Correios, mas sim dos terceirizados…Nunca tive problema com os Correios, mas tive de alguns sites que não usam o Coreio mas sim tranportadoras particulares…imagina o cara entregando domingo a tarde quando todo mundo sai pra ir pra praia…ou passear.