Black Friday mostra novamente a fragilidade da infraestrutura brasileira

Sites da Black Friday Brasil sofre com instabilidades

O Black Friday Brasil deveria ser um dia marcado por grandes promoções e no mínimo, disponibilidade dos produtos ao consumidor, assim como ocorrem em outros países. Mas até agora, exatas 2 horas após a abertura oficial, pouco se viu, pois praticamente 90% dos sites participantes estão sofrendo com lentidão ou estão fora do ar, devido ao número expressivo de acessos simultâneos.

A desculpa dada pelas empresas é a mesma: “Não esperávamos tantos acessos”. É de imaginar que num dia como este, milhares de internautas estariam visitando o site em busca de promoções, portanto, um administrador sensato planejaria o seu sistema em uma plataforma mais robusta, como o Cloud Computing.

Grandes lojas como Americanas, Carrefour, Extra, Submarino, Balão da Informática, Saraiva e Kabum estão passando por problemas de sobrecarga nos servidores, deixando a navegação lenta e muitas vezes impraticável. Erros como este estão sendo comuns:

 

Kabum no Black Friday Brasil 2012 - Servidor instável

Kabum no Black Friday Brasil 2012 – Servidor instável o tempo todo

 

Sobre os preços, sim os descontos existem, porém não espere GRANDES descontos. Até por que, os varejistas detêm uma margem de lucro muito baixa em produtos eletrônicos (que são os mais procurados), cerca de 1%. Reduzir este preço significa prejuízo para eles, e claro, este não é o objetivo. Pesquisando um pouco, é possível encontrar descontos variando entre 30 e 45% em sites como Magazine Luiza, Kabum e Balão da Informática.

Espera-se que o acesso aos sites seja normalizado pela madrugada, mas olhando como foi o lançamento, podemos esperar que a “Black Friday” seja conhecida como o “Blackout Friday”.

 

Lucas Peperaio

Estudante de Ciência da Computação, trabalho com desenvolvimento web há 5 anos e com hardware há 8. Nas horas vagas, sou entusiasta de Overclock, Casemod e Benchmarks, além é claro dos Games. Apaixonado por informática e pela vida, procuro compartilhar meus conhecimentos e assim, ajudar as pessoas. Siga-me no youtube, posto semanalmente muito material sobre Hardware, tecnologia e games em geral: Clique aqui

Receba gratuitamente em seu E-mail
Novos artigos do meu Blog!


Após o Cadastro você receberá um Email Automático. Clique no link enviado para Ativar e receber as novidades.

Categorias do site





7 Comentários Deixe o seu

  1. Adriano Matos

    Infelizmente, mais uma vez o Black Friday brasileiro foi decepcionante : Tanto pela falta de estrutura, visto que as empresas já deveriam ter aprendido com o ano anterior e se prepararem melhor, assim como os descontos, que não foram interessantes.

    Eu busquei na quinta-feira um HD Externo. De acordo com o JaCotei, em algumas lojas o valor havia saltado para R$299, sendo que a média nos últimos seis meses era de R$179. Qual a minha surpresa, ao ver na Sexta-feira, no Shoptime, que o HD estava “de R$299 por R$179” ?

    Outro exemplo : O Submarino ofereceu uma tv led por R$700 por oito minutos. Depois voltou ao valor “normal” de R$1,200. Mas no JaCotei, o valor de mercado daquela TV era de R$800 !!

    A melhor forma de economizar na Black Friday é… não comprando. A verdadeira Black Friday brasileira é em Janeiro, estoques encalhados após o natal !

    • Lucas Peperaio

      Em muitas lojas houve isso Adriano, o que o Procon chamou de “Maquiagem de preços”. No entanto, houve lojas que o preço realmente abaixo, eu estou monitorando os preços há 30 dias. Resultado, consegui descontos variando entre 120 e 200 reais, nada tão grande, mas certamente já ajudou.

      Lojas que eu vi descontos reais ou frete grátis em toda a loja: Kabum, Balão da Informática, Magazine Luiza, Terabyte Shop e Pichau.

    • Whélynton Araújo

      Tudo pela metade do dobro!

  2. Linkicha

    De Black Friday só o nome mesmo

  3. Alexandre

    Pera ai… 1% de lucro? só que não… as lojas não compram de outras lojas dos EUA, compram de fábricas, importadoras… além do custo do dolar, impostos e td mais… se fosse realmente 1% de lucro já teriam fechado as portas… a Black Friday com esses preços foi um reflexo do comércio abusivo, salve exceções, e desrespeitoso… é o reflexo de um comércio onde o negócio deve ser bom pro lado da loja, e nunca para ambos os lados…

    • Lucas Peperaio

      O lucro para aparelhos eletrônicos é realmente baixo assim. E isso já era esperado, afinal, praticamente tudo é importado e os impostos de importação, como todos sabemos, são exorbitantes.

      Fonte: http://www.tecmundo.com.br/novidade/33087-black-friday-brasil-organizadores-reconhecem-maquiagem-de-precos.htm

  4. Flavio de Freitas

    Este ano foi uma decepção mas com o passar do tempo tudo vai se adaptando e este ano de 2014 promete! Muita coisa está melhorando e eu acredito que pelo menos as grandes lojas (que oferecem descontos melhores) estão mais bem preparadas para o Black Friday. Agora é só esperar!